Tenho que aumentar a minha produção de leite!

No meu dia a dia, recebo muitas mensagens com pedidos de dicas para aumentar a produção de leite.

A realidade é que na nossa sociedade, é incutido, muitas vezes, nas mulheres que amamentam que precisam de ter sempre as mamas cheias a jorrarem muito leite para que a amamentação seja bem sucedida, mas isso não tem qualquer base científica. São só crenças que semeiam dúvida no coração das futuras e recém-mães.

No início da amamentação, logo após a descida do leite, o corpo produz mais do que o nosso bebé precisa por uma questão de preservação da espécie, porque ainda não sabe qual a real demanda do bebé, então produz a mais para garantir que nunca lhe falta. A ausência de mamas cheias, duras, que vazam leite dia e noite não implica uma produção de leite insuficiente. A partir de um mês – mês e meio a produção de leite ajusta-se à demanda do bebé, evitando assim desperdícios.

O que te pode ajudar a manter a produção adequada:

  • Amamentar em livre demanda, pelo tempo que o bebé quiser, pois quanto mais ele mamar mais leite será produzido;
  • Não usar bicos artificiais (chuchas, biberões e mamilos de silicone) pois que eles impedem a concretização da livre demanda e podem alterar a pega e a capacidade de sucção do lactente, diminuindo a ingestão de leite, o que compromete o ganho de peso do bebé e a produção materna;
  • Confia em ti, no mecanismo da amamentação e nas propriedades do leite materno que garantem os melhores nutrientes para o teu bebé!

Produzir leite demais, pode tornar-se um problema! Se o teu bebé não dá vazão ao leite que produzes isso faz com que este fique acumulado nas mamas e possa levar ao desenvolvimento de uma mastite ou de outros problemas mamários!

O medo vence-se com informação. Amamenta com confiança e não permitas que ninguém te faça acreditar que tu não é capaz ou que o teu leite não é suficiente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

three × 3 =