O teu bebé chora ou fica muito agitado quando mama?

O teu bebé chora ou ficar muito agitado quando mama?

Existem vários motivos para isso acontecer:

  • Picos de Crescimento e Saltos de Desenvolvimento

Os bebés passam por picos de crescimento (momentos de crescimento rápido) e saltos de desenvolvimento (momentos de aprendizagem de novas competências/habilidades) ao longo do seu desenvolvimento. Estes momentos são muito críticos para os bebés e os seus comportamentos vão variando ao longo da mamada, ficando muitas vezes agitados e irritados devido ao fluxo não ser intenso como gostam. É uma fase temporária.

 

  • Refluxo gastro-esofágico complexo

O refluxo gastro-essofágico simples deve-se à imunidade do esfíncter muscular do esófago (cardia), que permite o retorno do conteúdo gástrico, enviando de voltar pelo esófago até à boca. Está presente em cerca de 25% dos bebés. É caracterizado pelo “bolsar” Quando este se torna constante ou severo podemos estar na fronteira entre o fisiológico e o patológico. O refluxo complexo é um tipo de refluxo que provoca inflamações nos tecidos esofágicos, causando dor, desconforto e por vezes perda de apetite. Os bebés apresentam crises de choro com movimentos de cabeça para trás e agitação durante a mamada.

 

  • Forte reflexo de ejeção de leite

O bebé engasga-se logo no início da mamada, parece muito sôfrego e deglute muito rápido ou por vezes larga a mama de repente e o leite continua a esguichar.

 

O que se posso fazer para melhorar esta situação:

  • Adote posições em que a gravidade favoreça o bebé.

Por exemplo: a posição vulgarmente conhecida como Cavalinho ou Cavaleiro.

Esta posição requer alguma prática mas após algumas mamada tudo começa a ser mais fácil. Pode ser utilizada desde o nascimento desde que o bebé seja bem apoiado. Aconselho também em bebés muito dorminhocos na mama.

Foto gentilmente cedida pela mamã Joana Lopes

O bebé deve estar sentado como se montasse a cavalo na coxa ou anca da mãe, com a coluna e a cabeça na vertical enquanto mama.

  • Colocar o bebé a arrotar com frequência.
  • Amamentar frequentemente: reduz a quantidade de leite acumulada entre mamadas e o bebé encontra-se mais calmo por não ter tanta fome.
  • Amamentar quando o bebé está ensonado e relaxado.

Nota: Se após aplicares estas sugestões e o teu bebé se mantiver com o mesmo comportamento recomendo que procures ajuda de um profissional devidamente qualificado na área da amamentação. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 × three =